• publicidade

Comer e cuidar do coração dá certo

Por Funcionarios AWR
In Saúde
outubro 12, 2018
0 Comentários
18 Views

Prevenção incluem exercícios e eliminação de maus hábitos

Cuide-se bem. Recentemente foi comemorado o Dia Mundial do Coração e a data serve de alerta: de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo.
“Os fatores de risco para as doenças cardíacas são muito prevalentes. No passado, o homem precisava caçar e plantar seu próprio alimento. Agora, recebemos a comida sem esforço, não precisamos nem andar, já que temos transportes. Isso fez com que a população engordasse e ficasse sedentária”, afirma Ronaldo Leão, cardiologista da CDPI.
O coração é um dos principais órgãos do corpo, com a responsabilidade de bombear sangue para todas as regiões do organismo. Seu mau funcionamento prejudica todo o sistema corporal. A má alimentação e a falta de exercício físico são os principais fatores de risco para uma cardiopatia, além do tabagismo e do consumo excessivo de álcool.
“É importante não ter uma alta ingestão de gordura e de comidas que elevam o colesterol. Deve-se evitar também o consumo de carboidratos de absorção rápida, pelo fato de contribuírem para o aumento de peso”, diz Francisco Fonseca, cardiologista e professor adjunto da Escola Paulista de Medicina.
Estar dentro do peso recomendado para sua idade e altura é fundamental para evitar a sobrecarga do coração. Por isso, a alimentação é um pilar importante na busca por uma vida mais saudável e deve ser associada à prática regular de atividade física. A Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda, pelo menos, 30 minutos de atividade física por dia ou 150 minutos por semana.

texto: Evelin Azevedo – infoglobo | foto: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *