• publicidade

Sem medo de ressaca

Por admin
In Variedades
outubro 27, 2014
0 Comentários
439 Views

Produtos à base de bebidas alcoólicas prometem rejuvenescer

Imagine misturar cerveja, champanhe e vinho e não acordar de ressaca no dia seguinte, mas bela e radiante? Ricos em nutrientes e em ativos que ajudam a hidratar e rejuvenescer o cabelo e a pele, esses bons drinques são servidos como cremes, séruns, géis, esfoliantes, xampus e sabonetes, entre outros produtos feitos à base de bebidas alcóolicas. E podem ser consumidos sem moderação.
“Alguns estudos dizem que beber até duas taças de champanhe ou de vinho por dia acabam refletindo na pele, por causa do resveratrol. Mas o efeito da bebida é mais nocivo do que benéfico”, explica a dermatologista Mariane Bueno: “quem quer investir na beleza deve procurar os cosméticos com o ativo”.
A leitora Leila Medeiros, de 29 anos, da Vila Valqueire, participou do spa feito com champanhe, na Clínica Arthys, que inclui esfoliação e banho de banheira.
“Nunca tinha feito, a estreia foi incrível. Sem contar que, com champanhe, nada tem como ser ruim, não é”?, brinca a publicitária.

Espuma relaxante

O spa de champanhe, além de relaxar, tem o objetivo de hidratar profundamente. A bebida possui uma quantidade significativa de aminoácidos, quercetina e polifenóis, indicados em tratamentos antienvelhecimento. Os ativos também protegem a pele dos raios UVB, proporcionam brilho, têm poder anti-inflamatório e ajudam na renovação celular. Mas não pense que a ideia é ficar mergulhada no espumante. “O tratamento consiste em uma esfoliação com produtos adequados para cada tipo de pele. Depois, acontece uma massagem relaxante. Neste momento, o champanhe é aplicado em forma de extrato ou óleo, combinado com argila ou cremes próprios. Durante a massagem, é feita uma aromaterapia com champanhe, cujo cheiro agradável proporciona uma gostosa sensação de bem-estar, frescor e relaxamento. Terminado todo esse processo, é hora de relaxar na banheira cheia de sais de banho, que também são à base do extrato da bebida”, explica a dermatologista Flávia Medina, da Clínica Arthys, ressaltando que o spa pode ser feito por pessoas de qualquer idade, mas a degustação do champanhe durante o banho só é permitida para quem tem mais de 18 anos.

 

 

18---Tratamento-2

 

Colarinho do bem

Quase todas as mulheres, se não todas, ficam muito bravas quando alguém deixa cerveja cair em seu cabelo, principalmente durante uma festa. Desagradável! Mas a bebida tem em sua fórmula componentes que ajudam a limpar profundamente os fios, preparando-os para receber um tratamento. O cabeleireiro William Zimmermann, do Werner Coiffeur do Shopping Downtown, explica que o xampu de cerveja pode ser usado como um pré-xampu. “A levedura da cerveja tem proteína e age dando força e resistência ao fio, além de controlar a oleosidade, e o malte tem ação de nutrição. Após a lavagem, a mulher pode entrar com o creme de hidratação específico para a necessidade do cabelo”.

 

18---Tratamento-3

 

Melhor com o tempo

Assim como o vinho, que melhora com o passar dos anos, quem usa os produtos à base da bebida pode ficar com a pele rejuvenescida e viçosa, mesmo depois de muitos aniversários. É o que promete a alta concentração de resveratrol que a uva tem. Michele Rosário, consultora em estética da clínica Onodera, explica que cada sessão do tratamento facial de vinoterapia dura cerca de uma hora e os efeitos já podem ser sentidos na primeira vez. Para um bom resultado, o ideal é fazer de três a cinco sessões, com um intervalo de cinco a sete dias entre cada uma. “O tratamento é indicado para todos os tipos de pele. Mas mulheres com muita acne precisam passar por uma avaliação antes”, diz.

 

Deixe uma resposta