• publicidade

Indaiatuba já vacinou 100% contra o Sarampo

Por Funcionarios AWR
In CIdade
fevereiro 21, 2020
0 Comentários
23 Views

06 - Dia D - vacina sarampo - div (2)

Foto Divulgação

A Prefeitura de Indaiatuba em conjunto com o Ministério da Saúde está em Campanha Seletiva de Vacinação contra o Sarampo até o dia 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos, ou seja, para receber a dose é verificado se a criança ou adolescente está com a vacinação em dia, ou não. O Dia ‘D’ de mobilização nacional aconteceu no sábado (15) em quatro pontos da cidade. Compareceram 956 pessoas para conferência da carteirinha, dessas 30 receberam a imunização. De acordo com o Departamento Epidemiológico da Secretaria de Saúde, Indaiatuba atingiu 100% do público-alvo para vacinação contra o sarampo, o que aponta um trabalho eficiente no planejamento do setor e na busca ativa desse público. Durante a Campanha até o dia 13 de março todas as Unidades de Saúde irão vacinar contra o sarampo das 7h30 às 16h30, basta comparecer com documento e a carteirinha de vacinação para avaliar a situação vacinal. “Mesmo com nossa cobertura em 100% é importante as pessoas que não têm certeza se já tomaram ou não a vacina do sarampo comparecerem a uma Unidade de Saúde para conferir e tomar a vacina se necessário, pois precisamos que todas as pessoas estejam imunizadas para erradicar a doença mais uma vez”, comenta a diretora de Vigilância em Saúde, Rita Vaz. Em Indaiatuba, além de ofertar a vacina Tríplice Viral, as Unidades de Saúde estão vacinando contra o HPV na faixa etária de 9 a 15 anos, meninos e meninas, para receber a dose, basta comparecer com documento e carteirinha de vacinação. Até o momento foram aplicadas 150 doses. O Departamento de Vigilância Epidemiológica reforça que toda a população a partir de 6 meses até os nascidos a partir de 1960 também devem procurar as Unidades de Saúde para atualização da situação vacinal de rotina. Sarampo: é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, e que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente: tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Os principais sintomas são: febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido; mal-estar intenso. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Em Indaiatuba foram confirmados 24 casos da doença em 2019.

Comentários estão desabilitados