• publicidade

Conheça os vencedores do Nabor Pires

Por Funcionarios AWR
In Notícias
maio 11, 2018
0 Comentários
11 Views

Tradicional concurso recebeu 50 inscrições

A Prefeitura através da Fundação Pró-Memória promoveu na sexta-feira, dia 27 de abril, a final do 17º Prêmio Nabor Pires Camargo – Instrumentista. O vencedor foi o violonista, Gilson Brito, de São José da Lapa, Minas Gerais. O tradicional concurso recebeu 50 inscrições de diversos estados. O evento contou com a presença do Prefeito Nilson Gaspar (MDB).
A classificação dos 5 primeiros colocados ficou assim: Gilson Brito, Violão, São José Da Lapa – MG; Wanessa Nunes Dourado, Violino, São Paulo – SP; Gustavo Aliandre de Almeida, Acordeon, Blumenau – SC; Manoel Messias Costa de Brito, Cavaquinho, São Paulo – SP e Jussan Cluxnei Canguçu, Clarone, São Paulo – SP.

Prêmio Nabor
Voltado à Música Popular Brasileira, o prêmio visa divulgar as obras do clarinetista e compositor indaiatubano Nabor Pires de Camargo, além de estimular e revelar o talento de novos criadores e intérpretes. Trata-se de um dos poucos concursos de música instrumental realizados no Brasil, sendo nacionalmente conhecido.
O prêmio para o melhor músico foi de R$ 8 mil; o segundo colocado recebeu R$ 6 mil; o terceiro R$ 5 mil, o quarto colocado recebeu R$ 4 mil, o quinto R$ 2 mil e do 6º ao 10º colocados um cachê de participação de R$ 500.

Comissão julgadora
Francisco Araújo: seu pai que foi seu primeiro professor, apesar de possuir um invejável domínio técnico do violão não tinha conhecimento de teoria musical e quando percebeu a manifestação espontânea do talento musical do filho decidiu procurar o professor e violonista José Alves da Silva, conhecido nos meios artísticos e musicais com o pseudônimo artístico de Aimoré.

Tiago Morandi Roscani: regente, pianista e cantor. É formado no curso técnico de piano no Conservatório Jauense de Música e bacharel em regência pela Unicamp. Como regente já dirigiu o Coral Castelo Forte de Cosmópolis, Orquestra Sinfônica da Unicamp, Orquestra Filarmônica de Valinhos e Banda Henrique Marques de Limeira.

Guilherme Ribeiro: pianista tecladista, acordeonista, arranjador, com-
positor e produtor, Guilherme Ribeiro natural de Santos-SP é mestre em performance musical pela UFMG e bacharel em Música Popular pela Unicamp.
Marco Antônio Bernardo: músico eclético, respeitado e reconhecido por seu livre e fluente trânsito pelos mais variados meios de expressão musicais, tanto na música erudita como na popular graças à sua atuação como pianista solista cuja extensa discografia destaca o álbum duplo Radamés Gnattali: Integral dos Choros Para Piano Solo, de 2011, pela CPC-Umes.

Valgério Adriani Gianotto: contrabaixista – estudou no Conservatório de Tatuí e na Escola Municipal de Música de São Paulo. Trabalhou nas Orquestras Sinfônicas: do Estado de São Paulo, Experimental de Repertório da Cidade de São Paulo, entre outras. Como professor, atuou na implantação do Projeto Guri na cidade de Indaiatuba. Participou da ‘Turnê 2006’ junto da Orquestra Sinfônica Brasileira e em 2012 da gravação do CD Luas do Gonzaga, de Gereba Barreto, em comemoração ao centenário de Luiz Gonzaga, destaque entre as dezenas de produções realizadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *