• publicidade

TOP Racing e Priority Solutions são os campeões

Por Funcionarios AWR
In Esporte
novembro 29, 2019
0 Comentários
33 Views

 08 - Um dos gols da goleada de 5 a 2 que garantiu o título ao time do Priority Solutions

IC divulga resultados finais do Futebol Society

Além dos títulos, as equipes ainda tiveram os atletas que foram os destaques das duas competições. O Futebol Society do Indaiatuba Clube tem novos campeões.
Com grandes atuações, as equipes do TOP Racing e Priority Solutions conquistaram os títulos da Veterano e Adulto na manhã do domingo (24).
A primeira equipe a soltar o grito de campeã foi o TOP Racing, que na decisão da Copa Esquadro/Verona enfrentou o time do JR Celulares/CT Nando Grana. E o título veio com uma vitória de virada, já que, quem abriu o placar da grande final foi o JR, que marcou logo aos 2 minutos do primeiro tempo.
Porém, contando com uma falha de marcação do adversário, e uma boa dose de sorte, o TOP Racing empatou logo aos 5 min placar que levaria a decisão para os pênaltis. Com o placar igual, o jogo ficou muito ‘truncado’, com as duas equipes não criando chances de gol e errando muito. Porém, quando o primeiro tempo estava praticamente encerrado, o TOP Racing virou o jogo com o artilheiro ‘Paraná’, que marcou o seu gol de número 39.
Atrás no placar, o JR voltou para o segundo tempo buscando mais o ataque, porém sem precisão e qualidade. Enquanto isso, o TOP Racing, que acertou na marcação, criou oportunidades e ampliou o placar com mais três gols marcados aos 7, 10 e 24 minutos do segundo tempo, fechando a final com uma goleada de 5 a 1 e garantindo o título de campeão da Copa Esquadro/Verona – Categoria Veterano 2019.

Campeão
O grito de campeão da Copa Colégio Polo – Categoria Adulto também veio após uma goleada. Fisk e Priority Solutions entraram em campo para decidir a competição com propostas diferentes. Enquanto o time da Fisk reforçou a marcação e buscou os contra-ataques, o Priority apostou na força do ataque, o melhor da competição. E durante 17 minutos a estratégia do Fisk deu resultado, pelo menos na defesa, já que o adversário não conseguia ‘furar’ a boa marcação. Porém, aos 18 minutos, ‘Tucao’ o artilheiro do campeonato com incríveis 54 gols tirou o primeiro zero do placar.
Precisando buscar o resultado, o Fisk foi ao ataque, mas foi castigado no último minuto do primeiro tempo, quando sofreu o segundo gol e foi para o intervalo com uma desvantagem maior ainda.
Essa desvantagem aumentaria logo aos 4 min. do segundo tempo, quando o Priority chegou a 3 a 0. A equipe do Fisk conseguiu descontar aos 8, mas sofreu o quarto gol logo na sequência, aos 9 min. da etapa final. O quinto gol do Priority saiu aos 16 min. e o Fisk diminuiu a diferença aos 22, deixando o título de campeão para o Priority Solutions.

Destaques
Depois das duas finais, a Diretoria de Esportes do Indaiatuba Clube realizou a premiação das duas competições. Além dos troféus para os campeões, alguns atletas receberam prêmios individuais. O goleiro menos vazado das duas Copas foi ‘Jajá’, que jogou pelo Priority na Adulto e no Multifer na Veterano.
A artilharia na Veterano ficou com o ‘Paraná’, jogador do TOP Racing que marcou 39 gols. O goleador máximo da Adulto foi ‘Tucão’, do Priority, que com os quatro marcados na final, terminou a competição com 54 gols. ‘Tucão’ também levou o prêmio de destaque da decisão na Adulto. Na decisão da Veterano, o prêmio foi entregue para ‘Risadinha’, zagueiro do TOP Racing.

Números
Encerradas as duas Copas, alguns números chamam a atenção. Depois de dois turnos, o time que mais somou pontos na Adulto foi o campeão Priority, que somou 40, dos 42 pontos possíveis. O melhor ataque foi o do time campeão. Já as defesas menos vazadas foram Reduzino/Naturalle e Fisk, com 29 gols.
Com apenas 29 gols o Brasa Burguers teve o pior ataque da Adulto. Os 84 gols sofridos colocam a defesa do DF Engenharia como a mais vazada.
Pela Veterano, quem mais somou pontos foi o JR Celulares/CT Nando Grana que terminou os turnos com 34 pts.
O melhor ataque foi do vice-campeão, que marcou 57gols. E quem menos marcou foi o Jornal Exemplo® apenas 30 vezes, e a pior defesa foi a do Orthopride que sofreu 48 gols.

Comentários estão desabilitados