• publicidade

O verão vem aí e saiba qual o melhor tipo de depilação

Por Funcionarios AWR
In Corpo
dezembro 4, 2017
0 Comentários
1210 Views

Sugaring: epilation with liquate sugar at legs.

Especialistas apontam vantagens e desvantagens das técnicas

texto: Evelin Azevedo /infoglobo | fotos: divulgação

Falta menos de um mês para o verão, período em que os cariocas costumam correr para a praia. Além de estar com o corpo em forma, outra preocupação de mulheres – e homens, por que não? – é estar com a depilação em dia. Escolher o melhor e mais seguro método para deixar a pele lisinha, sem riscos para a saúde e a estética, pode ser difícil diante de tantas possibilidades atualmente.
“Existem diversos tipos de depilação disponíveis para homens e mulheres. Por isso, é importante encontrar o método mais adequado ao objetivo, aos tipos de pele e de pelo, e ao local do corpo a ser depilado” – orienta a dermatologista Thais Sakuma, assessora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
A médica recomenda que pessoas com tendências à foliculite (inflamação na raiz dos pelos) e pelos encravados optem por métodos que reduzam os pelos de forma permanente, como o laser.
Quando a depilação for feita com cera, é preciso prestar atenção à temperatura do produto, além de não reutilizá-lo.
“As altas temperaturas podem provocar queimaduras na pele. A cera nunca deve ser reutilizada, pois há o risco de contrair diversas infecções bacterianas e fúngicas por meio de produtos contaminados” – alerta Adriano Loyola, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Antes de fazer qualquer tipo de depilação, é importante seguir algumas orientações.
“Recomendamos que se esfolie a pele dois dias antes, para eliminar as células mortas. Depois da depilação, que se hidrate bem a pele (o hidratante deve ser sem álcool) e evite usar roupas apertadas sobre a área. Quando for pegar sol, é importante usar protetor solar para evitar manchas” – diz Nadja Rodrigues, consultora técnica da Rede Depile-se.

Deixe uma resposta