• publicidade

Muitas horas ao volante, causam dores nas costas constante

Por Funcionarios AWR
In Saúde
dezembro 17, 2018
0 Comentários
160 Views

Entenda por que motoristas profissionais costumam sofrer

texto: infoglobO I imagem:divulgação/infoglobO / Foto pexels/pixabay

Quem trabalha como motorista – seja de táxi, de aplicativos, de ônibus ou de caminhão – passa de 8 a 12 horas dirigindo diariamente. O longo tempo ao volante acaba levando a um problema recorrente entre estes profissionais: a dor nas costas.
Dirigir por mais de duas horas parece aumentar em cerca de cinco vezes o risco de dor lombar, segundo estudo recente publicado no ‘Spine Journal’ (revista científica especializada em coluna) – diz Ney Meziat Filho, professor do programa de mestrado e doutorado em Ciências da Reabilitação da Unisuam.
A pouca mobilidade do corpo e os movimentos repetitivos enquanto se dirige são fatores que contribuem para a dor lombar.
O corpo humano foi naturalmente desenvolvido para ficar em movimento. O fato de permanecermos sentados dirigindo se torna prejudicial por haver poucos estímulos musculares e uma sobrecarga nos discos intervertebrais, gerando dor – explica Luciano Bomfim, ortopedista da Clínica Bomfim Consultórios.
Ricardo do Carmo Bastos, ortopedista do Centro de Trauma do Esporte do Into, acrescenta que a dor também atinge outras partes do corpo: o longo tempo na direção pode desencadear dores nos joelhos, nos quadris e nos ombros, além da coluna.
Fazer pausas regulares durante o dia de trabalho contribui para atenuar as dores. Ter um corpo saudável também é uma ‘mão na roda’.
Perder peso ajuda a manter um corpo mais bem acomodado no veículo. Além disso, o tabagismo favorece um desgaste mais rápido dos discos e das articulações e dificulta o ganho de massa muscular – alerta o ortopedista Luiz Cláudio Lacerda, Clínica L&L Ortopedia.

 

Deixe uma resposta