• publicidade

Inverno provoca o aumento das crises alérgicas por ar muito seco

Por Funcionarios AWR
In Saúde
junho 21, 2019
0 Comentários
68 Views

Ter um diagnóstico rápido e correto pode fazer a diferença no tratamento ao Alérgeno

Quem tem alergia sofre muito nessa época de frio, isso porque no inverno é o período em que o ar está mais seco e frio, a mucosa nasal fica mais irritada e a imunidade do organismo tende a baixar, o que aumenta a probabilidade das crises alérgicas.
As alergias são reações exageradas do sistema imunológico a substâncias que, na maioria das pessoas, não causam sintomas. Existem diversas doenças alérgicas, entre as principais alergias estão as respiratórias, alimentares e cutâneas.
A permanência em lugares fechados e o uso de agasalhos e cobertores guardados há muito tempo podem contribuir para piorar o estado da pessoa alérgica, nesse caso, as rinites alérgicas são as mais comuns, seguidas da asma e da bronquite.
Ao ingerir ou ter contato com o alérgeno, o organismo se protege e aciona a liberação de químicos inflamatórios mediados por imunoglobulinas de Classe E (IgE). A intensidade dos sintomas varia conforme a susceptibilidade de cada pessoa e a quantidade de alérgeno ingerida.
Para minimizar os sintomas algumas medidas devem ser tomadas. como, piso lavável sem cantos que acumulem pó, se hover carpete deve ter tratamento contra fungos e bactérias. A cama merece um tratamento especial, pois é nela que se acumula uma grande quantidade de ácaros, os colchões e travesseiros devem conter capas antiácaros e as cobertas não podem ser felpudas, priorizando o uso de edredons. Livros e outros objetos devem estar sempre limpos e, nas janelas, é melhor persianas a cortinas de pano. Essas medidas visam evitar o acúmulo de poeira, principal alimento do ácaro.
Não existe uma idade determinada para que uma alergia apareça e se desenvolva, ela pode aparecer e desaparecer a qualquer momento. Para identificar esses casos, além de uma história detalhada do paciente com um médico alergologista, muitas vezes é necessário realizar alguns testes.
Os testes alérgicos são desenvolvidos para fornecer informações o mais específico possível, de forma que seu médico possa identificar qual é a substância ou alérgeno que causa a alergia, empregando o tratamento mais adequado.


Existem diversos tipos de exame para alergia, alguns são realizados na pele, outros através de coleta de sangue. Os testes de quantificação de IgE´s específicos oferecidos pelo Laboratório Centrolab, são capazes de detectar múltiplos alérgenos com uma só amostra de sangue. Esse exame deve ser interpretado pelo médico assistente, pois somente este poderá correlacionar os testes positivos com o quadro clínico do paciente.

Deixe uma resposta