• publicidade

Entrevista com o pré-candidato a vereador Cláudio Diogo

Por Editor
In Cidade
julho 31, 2020
0 Comentários
40 Views

05 - Live

Aconteceu na quarta-feira a Live da TV Exemplo® no Facebook

N a quarta-feira (29), aconteceu o programa Imprensa Ética na página do Facebook do Jornal Exemplo®. Como convidado, o arquiteto e pré-candidato a vereador Cláudio Diogo, participou do Bate-papo com Aluísio William, Presidente do Grupo AWR®. Cláudio respondeu perguntas dos espectadores da transmissão ao vivo e comentou sobre sua carreira, projetos profissionais e sua pré-candidatura a vereador em Indaiatuba.

1ª: Quem é Cláudio Leal Diogo?
R: Meu nome é Cláudio Leal Diogo, tenho 62 anos, sou natural de Poá (SP), registrado em Mogi das Cruzes, de uma família de 6 filhos, criado em Mogi das Cruzes, lá estudei, comecei a trabalhar muito cedo, com 14 anos. Me casei em Indaiatuba, comecei a trabalhar como arquiteto, trabalhei na Prefeitura, fui diretor de projetos de Obras Públicas da Prefeitura. Depois de sair da Prefeitura, comecei minha carreira solo, tenho meu escritório de arquitetura aqui em Indaiatuba.

2ª: Sobre sua formação, como você chegou a sua profissão e por quê?
R: Há algum tempo venho trabalhando sempre nessa área de imóveis, o Cartório de Registros me deu uma boa base, tive um aprendizado onde conheci alguma coisa de documentação imobiliária, fiz faculdade de direito, prestei vestibular de novo para arquitetura em Mogi das Cruzes e foi aí que me encontrei, hoje sou arquiteto.

3ª: O que é ser um arquiteto?
R: Arquitetura é a possibilidade de você transformar os espaços, a vida das pessoas, melhorar a vida das pessoas, dar beleza à vida das pessoas. É uma árvore de possibilidades, tudo que você vive no seu dia a dia tem arquitetura envolvida. Eu escolhi trabalhar com a parte de construção e estudei a parte de planejamento urbano, que são coisas ligadas a nossa cidade. Tenho uma visão um pouco mais ampla, não estou só focado na questão do conforto ambiental, da morada por exemplo, mas também na vida das pessoas na cidade.

4ª: Você já deu aulas de Planejamento na faculdade, você poderia falar um pouco a respeito deste assunto? A importância disso nas cidades.
R: Dei aula durante dois anos na faculdade, tive a oportunidade de passar o meu conhecimento e minhas experiências ao longo dos anos. O Planejamento ele sai em cima de um mapeamento de planilhas, levantamentos, onde envolve um grande número de profissionais para fazer esse tipo de trabalho. Envolve arquitetos, engenheiros, advogados, sociólogos, geólogos, enfim, é uma coisa acadêmica. São profissionais de diversas situações para avaliar o que está acontecendo na cidade.

5ª: Você foi secretário da Habitação da Prefeitura, como foi a experiência? Quais projetos foram desenvolvidos?
R: Foi a primeira oportunidade que eu tive para ser secretário, consegui tocar o trabalho normal da Secretaria em questões de atendimentos, cadastros, coisas do CDHU e desenvolvi alguns trabalhos, por exemplo, a Vila do Idoso que está para sair, fui mentor do projeto, escrevi o cartão Reforma Fácil, que ainda não foi para frente, mas está à disposição a qualquer momento para desenvolver.

6ª: Qual a sua relação com o bairro Itaici? Sabemos que você foi mentor do projeto de intervenção no bairro, ou seja, a duplicação, para você, o projeto está concluído?
R: Faz 25 anos que moro em Itaici e me identifico muito justamente por conta deste trabalho acadêmico, depois deste projeto, o Reinaldo me chamou para conversar e ele abraçou uma parte e o Gaspar abraçou a outra. A duplicação está pronta, mas existe um projeto que tenho que é o abastecimento, tratamento de esgoto daquela região, transformação em um turismo de vizinhança etc.

7ª: Caso você venha um dia ser vereador, quais serão suas áreas de atuação?
R: Como vereador, tenho projetos da continuidade para Itaici, que é o turismo de vizinhança para ser um projeto integrado junamente com os outros, do Mirim e Parque Ecológico, por exemplo, para justamente fomentar a região. Tenho preocupações em relação a parte de mão de obra dos Serviços Públicos e Privados, gostaria de ter a oportunidade para montar um projeto para melhorar essa questão que é importante.

Comentários estão desabilitados